Compre o livro

Categorias

Assine este blog

Digite seu email:

Drops Twitter

Top Leitores

Top 5 Leitores com mais comentários no ano:

Calendário

abril 2014
S T Q Q S S D
« mai    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
282930  

Diversos

Geo-Serendipidade
GeoURL
Technorati





Creative Commons License
Obra licenciada pela
Creative Commons

Tag Cloud

Arquivos

Links

O papel do líder de TI no contexto das mídias sociais

8 maio 2009

Mês passado eu concedi uma entrevista à Revista CIO falando um pouco da forma de entender essa revolução das mídias sociais e qual o papel que esses CIOs/Líderes de TI possuem nas iniciativas de implementação de redes sociais nas empresas. Ainda não consegui a revista, mas hoje recebi o clipping da matéria e aqui vai um pequeno trecho (veja o conteúdo completo aqui):

[...] Por isso, segundo o especialista, mesmo que a área específica do CIO não pretenda adotar projetos de web 2.0, o executivo deve ter os conhecimentos necessários para gerenciar esse modelo de aplicação. “Esse conhecimento, no entanto, só é conseguido por meio da experiência real de utilização das ferramentas colaborativas”, afirma Cipriani.

Ele explica que, para tanto, os líderes de TI devem criar perfis pessoais em redes como o Twitter, Facebook e LinkedIn. Além disso, precisam acessar e participar de discussões em blogs, fóruns e comunidades. “Tudo isso é necessário para que o gestor entre realmente no mundo das mídias sociais e consiga adaptá-las ao negócio”, diz o consultor.[...]

Hoje topei com um post do George Colony, Chairman e CEO da Forrester, entitulado “Como CEOs podem entender tecnologias sociais?”. Entre outras palavras, Colony falou que não há outra forma de entender as mídias sociais senão usando-a.

[...] Social [Media] é como sexo. É divertido falar e ler a respeito, mas você não pode compreendê-lo completamente ao menos que você o faça.[...]

Falamos a mesma coisa mas com apelos diferentes. Bom saber que estamos alinhados pois os profissionais de mídia social devem falar a mesma língua nesse mar de desentendimento. Só assim se gera mais resultado e se educa mais e mais pessoas nessa área.

Tem algo que falei e que não foi publicado. Vou repetir aqui para completar o conteúdo da reportagem.

Além de entender as novas tecnologias (no caso tudo sobre mídia social), o CIO também precisa garantir que as ferramentas selecionadas estão alinhadas com e suportam as necessidades de negócio (efetividade) e a gestão do portifolio de TI (menor custo mantendo mesma efetividade).


Blog Corporativo no Portal EXAME

14 julho 2008

Entrevista - Portal ExameConfiram a breve entrevista que concedi para Hugo Vidotto da Revista Exame PME e que está no ar pela Exame TV.

O tema é Blogs Corporativos nas Pequenas e Médias Empresas.

Você pode encontrar o link para a entrevista na página principal do Portal EXAME e pelo Notícias da Quinzena da Exame PME.

Consultor fala sobre como iniciar um blog corporativo

Conheça os primeiros passos para quem quer usar esta ferramenta

Fábio Cipriani, autor do livro Blog Corporativo e consultor da Deloitte, falou por telefone à EXAME PME, da Holanda, sobre os primeiros passos para uma pequena ou média empresa que quer criar um blog. A ferramenta ajuda a melhorar o relacionamento com os clientes e até a gerar novas oportunidades de venda. Leia mais sobre o assunto na notícia abaixo.

Get the Flash Player to see this content.


Entrevista sobre Blogs Corporativos

11 junho 2008

André Sampaio, o mais novo entusiasta dos blogs utilizados para comunicação entre empresas e mercado, fez uma pequena entrevista comigo e acaba de publicá-la no seu recém-nascido blog. Confira o seu trabalho.


Blog Corporativo – 5 passos para o sucesso

4 junho 2008

Com base na entrevista que concedi, a equipe do Jornal Diário do Comércio montou um pequeno infográfico resumindo os 5 passos para o sucesso de um Blog Corporativo. A matéria saiu ontem, leia na íntegra aqui.

P.S. 3 a 6m. significa 3 a 6 meses.


Imprensa orgulhosa

4 março 2008

Este não é um post destinado aos “guerreiros” da já eterna batalha entre blogueiros e a imprensa, esse blá blá blá que, nessa altura do campeonato, não serve de absolutamente NADA para os leitores. É só falação para próprio umbigo ouvir.

Mas esse pedaço de texto vai para os repórteres de diversos cantos do Brasil que, ao pedir uma entrevista para você, te inundam com toneladas de perguntas dizendo que o deadline é amanhã e depois desaparecem.

Sou sempre prestativo e respondo rapidamente dedicando alguns minutos da minha valiosa hora de trabalho que hoje em dia está em torno de quase 200 euros por hora de consultoria. Afinal de contas, a imprensa é um dos canais (não o principal, porque esse é este blog que vos fala e meus leitores) de comunicação que tenho com o mercado para a divulgação das minhas idéias.

O problema é que, depois que você envia as valiosas respostas, a comunicação morre. Você não recebe sequer um “obrigado”. Quando você pede a eles para enviar um exemplar da revista quando sair, são poucos os que o fazem. Será que a mãe deles não ensinou como serem educados? Ou eles só estão tentando manter a imposição “top-down” que temos que engolir diariamente na imprensa tradicional? Ou pior, já estão tão institucionalizados que já começaram agir como empresas sofrendo com o deficiente processo de relacionamento com o cliente?

Diálogo já! Porque nessa vida dependemos dele para nossa sobrevivência.


Web 2.0: arrancando dinheiro até fora da rede

18 setembro 2007

Estou farto de ver seminários, palestras e workshops sobre a web 2.0 aqui no Brasil. Ainda quando acho extremamente importante a comunicação à exaustão para fixar a idéia nas empresas, sempre acabo ficando um pouco cético do retorno que esses debates podem trazer.

Grátis mesmo não vejo quase nada. Tudo pago e tudo caro.

Web 2.0 é colaboração, interação, troca de experiências – principalmente com o usuário e DE GRAÇA. Por acaso esses eventos são assim?

A melhor maneira de aprender web 2.0 é vivendo a web 2.0, e não assistindo ao velho modelo de debate.


Blog Corporativo na RádioFIA

28 agosto 2007

titradio.jpgComeçou hoje dia 14 a divulgação da série de entrevistas que concedi ao portal de podcasts da Fundação Instituto de Administração – a RádioFIA. Fui entrevistado para o canal “Sala de visitas”.

Faça download da entrevista:

Parte IParte IIParte III


A hora e a vez da pequena empresa

2 agosto 2007

Veja abaixo a entrevista que concedi ao programa “A hora e a vez da pequena empresa” do Sindicato da Micro e Pequena Indústria do Estado de São Paulo (SIMPI), que vai ao ar na Rede TV e na Rede Vida semanalmente.

A entrevista, que durou mais de 20 minutos, ficou condensada em 2 minutos. Vou ver se descolo a fita completa.


Wiki vs. Blog vs. Intelectualidade brasileira

24 junho 2007

Não é despeito. Nem me acho o “demolidor”.

Dito isso leia a notícia de hoje da Folha de S.Paulo – “Empresas usam conceito “wiki” de criação coletiva para inovar“.

Desde quando você, leitor do Blog Corporativo, já sabia disso? Na verdade a chamada era pra falar do livro Wikinomics. Olha só o pedaço mais inspirador da reportagem:

Em vez de se limitar a seu grupo de funcionários, nomes como Boeing e Procter & Gamble buscam inovação em âmbito global, o que eleva a rapidez e o espectro das descobertas.

Só porque o gringo vai vir ao Brasil participar de uma conferência e seu livro foi traduzido para o português. E está lá: a vanglória da sabedoria gringa! Ou como diria Marquinhos: “Os americanos são muuuuito melhores

Quantos de vocês, meus caros leitores, já leram os “Sete hábitos das pessoas altamente eficazes“? E quantos de vocês já leram “Transformando Suor em Ouro” do nosso treinador de vôlei Bernardinho? 10 pra 1? 1000 pra 1? 1 milhão pra 1?

O treinador conseguiu ser campeão em mais de uma geração de jogadores. Vocês não acham que ele tem algo para ensinar? Agora… quem foi Stephen Covey? Um molestador de famílias?

Precisamos valorizar o profissional e a intelectualidade brasileira. Isso é muito sério.


Pequenas Empresas Grandes Negócios

9 maio 2007

pegn.jpgO Blog Corporativo é destaque na edição de maio da revista Pequenas Empresas Grandes Negócios.

O texto abaixo foi retirado do site da revista, e foi baseado em trechos do livro.

Confira aqui algumas dicas para criar o blog de sua empresa

Políticas de uso - Determinar e documentar as políticas de uso do blog levando em conta seu tipo, assunto e o tipo de escritor que vai utilizar (externo, interno, presidente, diretor, etc). A política tem a finalidade de proteger a empresa contra a divulgação de informações confidenciais, de proibir o uso de palavras de baixo calão ou discriminação racial, e de prevenir problemas judiciais por artigos mal escritos ou comprometedores. Ela deve ser revista e avaliada pelas lideranças da companhia.

Normas e procedimentos - Estabelecer quais serão os procedimentos para manter a página atualizada, estabelecer quem vai possuir acesso à administração do blog, quando e quantas vezes será permitida a publicação de textos. A norma é importante para evitar um exagero no número de textos (posts) publicados, ou a falta deles. Também deve ser revisto se o blog será aberto a comentários, quam os fará e se será feita uma moderação, para evitar comentários de pessoas mal-intencionadas.

Manuais e treinamentos - Seja qual for o resultado da escolha para o escritor do blog, é necessário e importante treiná-lo e prepará-lo para utilizar o blog. Não tanto pelo aspecto do uso da tecnologia, o que é relativamente simples, mas principalmente pela melhor preparação da pessoa responsável pelos textos.

Alinhamento organizacional - Todo projeto pode causar impacto em todo o corpo de funcionários, para o bem ou para o mal. As pessoas geralmente se interessam por novidades da empresa, mas é sempre bom mantê-las atualizadas sobre os últimos passos antes do lançamento oficial do blog. Elas poderão ser de grande valia no momento de espalhar essa novidade.

Ferramenta - Determinar qual será a solução para blogs utilizada pela sua empresa. Dentre os tipos existentes, temos os servidores de blogs gratuitos (não são uma boa opção, pelo fato de existirem algumas limitações, além da falta de privacidade), como é o caso do Blogger (www.blogger.com). Temos também os servidores pagos de hospedagem de blogs, como o TypePad da Six Apart (www.sixapart.com/typepad). Uma alternativa um pouco mais complexa seria instalar uma plataforma de blog em um servidor próprio ou alugado pela empresa, e aqui podemos usar uma plataforma gratuita, como o WorldPress (www.worldpress.org), ou paga, como o Movable Type (www.sixapart.com/movabletype), também da Six Apart.

Endereço web - Estabelecer como será o endereço na internet do seu blog. Caso ele seja hospedado gratuitamente ou em um serviço on-line pago, provavelmente seu endereço carregará parte do domínio do serviço de hospedagem, como por exemplo http://suaempresa.blogger.com . Talvez seria mais interessante registrar o seu próprio domínio com um nome personalizado e único, mas, para isso, a melhor escolha seria usar as plataformas de solução para blogs em servidores internos ou alugados. Assim, seu nome de domínio ficaria www.suaempresa.com.br ou www.seublog.com.br, alternativas que deixariam o seu blog mais personalizado e fácil de acessar.


Posts populares

Últimos comentários

  • Feira Líder: Parabéns pelo poste, bom trabalho e fica com Deus..
  • Feira Líder: Parabens pelo trabalho, tudo de bom.. Feira Lider, um lugar onde anunciar.
  • Estrutura Pré-fabricada: Uma grande dificuldade que passamos é mensurar o ROI, principalmente para empresas que não...
  • Estrutura Pré-fabricada: Já estou acessando o novo site, ficou ótimo.
  • alto pedroso imóveis: a internet veio para dar ares de igualdade, hoje temos pequenos e médios escritórios que...